Tratamentos  
 
  Newsletter

Receba, gratuitamente, artigos sobre dor de cabeça e enxaqueca. Coloque seu e-mail no campo abaixo:

  Busca no Site Enxaqueca
  Saiba mais
O uso frequente de analgésicos comuns pelos portadores de enxaqueca pode acarretar em dependência.

  Testes on line:
  Aprenda a se conhecer

 
 

Tanaceto

A erva popularmente denominada tanaceto recebe a nomenclatura oficial de Tanacetum parthenium. É conhecida e utilizada desde a antiguidade, para diversas finalidades: baixar a febre, problemas menstruais, artrite, dor de cabeça, dor de dente, asma, dor de estômago e mordidas de insetos.

A parte medicinal do Tanacetum são as flores e folhas. Esta planta é da família das margaridas. Para crescer, requer muito sol e regas frequentes. Tanto folhas quanto flores são muito aromáticas!

A substância química ativa que lhe confere suas propriedades medicinais chama-se partenolídeo. Ela inibe a produção e secreção de histamina e prostaglandinas pelo organismo, cuja presença propicia a estados inflamatórios, dolorosos e febris. Possui também uma ação relaxante na musculatura uterina, favorecendo o fluxo menstrual. Deixa, além disso, o sangue menos coagulável, mais fluido (em termos populares, "afina" o sangue).

Sempre que indicado, eu prescrevo remédios naturais para meus pacientes. Já tentei, repetidas vezes, ao longo de anos, tratar enxaquecas preventivamente com Tanacetum em várias dosagens e vários graus de pureza. Infelizmente, minha experiência - e a dos meus numerosos pacientes que fizeram uso desta erva - não é nada boa. Simplesmente, nenhum caso por mim tratado com Tanacetum, até hoje, obteve resultado. Na minha opinião, embora o Tanacetum possua uma ação sobre a histamina e prostaglandinas, esta ação não é intensa o suficiente para aliviar a dor da enxaqueca - pelo menos não o foi para nenhum dos meus pacientes.

Minha experiência com o Tanacetum é bem mais positiva para outros casos que não a enxaqueca, como por exemplo, estados febris e dores de cabeça advindas de gripes/resfriados, bem como um auxiliar no tratamento de tinnitus (zumbido ou barulho constante no ouvido), e de distúrbios no fluxo menstrual.

Minha opinião é que existe mais marketing ao redor dos comprimidos de Tanacetum (nome comercial Migrafew), do que uma real eficácia terapêutica na prevenção da enxaqueca.

Embora eu não creia que valha à pena investir em um tratamento de enxaqueca à base de cápsulas de Tanacetum parthenium, sou da opinião que vale à pena utilizar esta erva - não as cápsulas, mas a planta em si, fresca ou seca - como tempero nos alimentos, para conferir-lhes um pequeno toque amargo. Em São Paulo, ela pode ser encontrada em algumas lojas de produtos e ervas naturais. Esta erva pode não ter "força" suficiente para aliviar, sozinha, uma dor do tamanho da enxaqueca; mas contém elementos muito nutritivos, como a niacina, ferro, manganês, potássio, fósforo, selênio e vitamina A - além, é claro, do partenolídeo.

As cápsulas de Tanacetum não possuem efeitos colaterais danosos, cientificamente comprovados. Portanto, caso você esteja sendo beneficiado pelo Tanacetum na sua enxaqueca, continue tomando! Eu aqui, quis relatar tão somente a minha experiência com este produto. Mas como sabemos, nem sempre os tratamentos funcionam igual para todas as pessoas. E isso é ainda mais verídico no caso das ervas medicinais e outros tratamentos naturais. Pode não funcionar para um milhão de pessoas... e funcionar para você!

 

voltar
envie esta página
para um amigo

 
 Conheça mais sobre a clínica Dr. Alexandre Feldman