Tratamentos  
 
  Newsletter

Receba, gratuitamente, artigos sobre dor de cabeça e enxaqueca. Coloque seu e-mail no campo abaixo:

  Busca no Site Enxaqueca
  Saiba mais
O uso frequente de analgésicos comuns pelos portadores de enxaqueca pode acarretar em dependência.

  Testes on line:
  Aprenda a se conhecer

 
 

Alimentação

Os conhecimentos adquiridos por diversas áreas da ciência nos últimos anos estão explicando o porquê da enxaqueca, em função dos alimentos. Compreender os alimentos e suas propriedades pró e antienxaqueca, é um grande passo, um poderoso instrumento, no sentido de controlar, consistentemente, esse mal.

A maior farmácia do mundo está na nossa própria cozinha, e isso vale para a enxaqueca. Mas infelizmente, nas últimas décadas, as pessoas foram aprendendo que cozinhar é coisa de gente desocupada, desatualizada, submissa. O consumo de alimentos industrializados aumentou vertiginosamente, assim como a enxaqueca, a depressão e a ansiedade.

Restaurantes fast-food reforçaram a idéia de que comer é perda de tempo, e portanto deve ser feito o mais rapidamente possível.

Interesses de mercado, aqui também, influenciaram dramaticamente: o que mais se vende são produtos ricos em carboidratos refinados, sejam eles preparados com açúcar, farinha ou amido. Antigamente, o café era moído na padaria, você levava para casa e preparava no coador de pano. Atualmente, nunca foi tão fácil, rápido e barato tomar um cafezinho. Um refrigerante. Um suco (artificial, é claro).

"Água? O que é isso??? Se eu tomar, é capaz de eu passar mal!!! Meu organismo não aguenta!". Essa inversão de prioridades pode parecer piada, mas é assim que a maioria das pessoas com problemas de saúde se refere a esse líquido tão precioso, tão saudável... e tão menosprezado.

Nós somos o que comemos. Essa frase nunca foi tão verdadeira. Você come, por exemplo, um frango. O frango, hoje, deixou de ser um alimento natural, para se transformar numa mistura de gorduras e hormônios totalmente alterados pelo "sistema industrial" de criação. Afinal, foi à base de intenso confinamento, luz artificial dia e noite, "fatores de crescimento", antibióticos e suplementos não naturais que esse frango foi capaz de passar de um ovo a dois quilos de carne em pouco mais de um mês! Nós fazemos parte de um sistema chamado cadeia alimentar. Pense no peixinho que é engolido pelo peixe maior, que por sua vez é engolido pelo peixão. No final, ao comer um frango, você está comendo aquilo que ele comeu antes! Acredite: ao contrário do que você e seu médico sempre acreditaram, o frango comum, que se encontra por aí, é um dos alimentos menos saudáveis que existem! Se os hormônios dele estão alterados, ao devorá-lo, os seus hormônios também se alteram. Sabemos que o desequilíbrio hormonal é um dos fatores determinantes da enxaqueca.

Se por um lado os conhecimentos na área de alimentação estão progredindo, por outro, a difusão destes conhecimentos precisa acompanhar de perto esse progresso. É com esse propósito que foi desenvolvido o livro A Dor de Cabeça Morre Pela Boca, onde é possível mostrar, na prática, que alimentação saudável não é um castigo para quem está doente. Muito pelo contrário! O livro mostra receitas surpreendentes, deliciosas e rápidas, com ingredientes que têm o poder de restaurar e manter a nossa saúde. Tão deliciosas, que as pessoas preparam estas receitas para seus familiares e amigos. Estamos aplicando, na prática, dentro da cozinha, os últimos avanços da ciência no que diz respeito à alimentação saudável. Uma alimentação saudável pode não apenas atuar beneficamente nas dores de cabeça e enxaqueca, mas também nos distúrbios de humor, sintomas menstruais como TPM, excesso de peso, retenção de líquido e muitas outras doenças que são verdadeiras "dores de cabeça" na vida de muita gente. Prova de que a doença não é desvinculada do resto do organismo!

 

voltar
envie esta página
para um amigo

 
 Conheça mais sobre a clínica Dr. Alexandre Feldman