Tratamentos - Acupuntura  
 
  Newsletter

Receba, gratuitamente, artigos sobre dor de cabeça e enxaqueca. Coloque seu e-mail no campo abaixo:

  Busca no Site Enxaqueca
  Saiba mais
O uso frequente de analgésicos comuns pelos portadores de enxaqueca pode acarretar em dependência.

  Testes on line:
  Aprenda a se conhecer

 
 

Tente a Acupuntura para Aliviar sua Dor de Cabeça e Enxaqueca

Muitos de nós, médicos, possuímos a tendência de menosprezar aquilo que não conhecemos ou aprendemos. A acupuntura é um bom exemplo. Infelizmente, muitos dos médicos que não conhecem essa técnica acabam por dar-lhe o rótulo de “tratamento exótico” ou “alternativo” e não lhe conferem a devida importância no tratamento da dor.

Pensando bem, na nossa cultura não é fácil acreditar que uma agulha posicionada num determinado ponto (por exemplo, no pé) pode aliviar uma dor em outro ponto (por exemplo, na cabeça).

Existem centenas de pontos de acupuntura na superfície do nosso corpo. Esses pontos foram descritos pelos antigos chineses, e permanecem atuais na sua eficácia.

A acupuntura funciona tão bem no alívio de muitas dores, que cientistas em universidades do mundo inteiro têm pesquisado a sua ação sobre o nosso organismo. E as pesquisas têm mostrado resultados incríveis.

A acupuntura atua em vários níveis do cérebro:

. Ativando um circuito denominado sistema supressãor da dor (também conhecido como sistema inibitório descendente);

. Promovendo a liberação de endorfinas (substâncias semelhantes à morfina, fabricadas nos neurônios, que promovem sensação de alívio da dor e bem-estar);

. Aumentando os níveis de serotonina no líquor e tronco cerebral inferior;

. Diminuindo a liberação de substâncias cerebrais relacionadas à dor.

O efeito da acupuntura numa crise de enxaqueca pode ser muito rápido, com graus de alívio que podem ser muito grandes. E sem os efeitos colaterais dos medicamentos!

A acupuntura pode, também, ser utilizada periodicamente fora das crises de enxaqueca, com o objetivo de preveni-las!

Claro que, para obter esse grau de eficácia, o acupunturista deve possuir um bom treinamento e domínio da técnica. Infelizmente, existem muitos praticantes de acupuntura que não passaram por treinamento rigoroso o suficiente, e cuja técnica pode não ser tão eficaz, podendo comprometer o seu efeito e eficácia. A acupuntura é uma técnica complexa, na qual importa não apenas a localização dos pontos, mas também uma série de detalhes, como a profundidade, o ângulo de inserção da agulha, o direcionamento da agulha, e a obtenção de certas sensações por parte do paciente durante a inserção da agulha em determinados pontos. Portanto, a acupuntura é muito mais do que “colocar uma agulha”.

Os próprios pontos de acupuntura podem variar de caso a caso. Há pontos de especial eficácia nas dores localizadas na região dos olhos, outros para dores no topo da cabeça, no lado, na nuca, etc. Alguns pontos podem ser utilizados quando há tensão nos músculos dos ombros e do pescoço. Nesses casos, quando o médico palpa a região, pode encontrar nódulos de tensão muscular, os quais devem ser tratados simultaneamente, e também costumam responder muito bem à acupuntura.

Embora existam praticantes de acupuntura não-médicos, na minha opinião, é muito importante que o acupunturista seja formado em medicina. Explico: para que uma acupuntura seja ao mesmo tempo eficaz e segura, é preciso, em primeiro lugar, que você tenha um diagnóstico. E quem melhor que um médico para lhe fornecer um diagnóstico?

Existem dores de cabeça, por exemplo, que são provocadas não por enxaqueca, mas por outras doenças. Ao focalizar apenas o alívio com acupuntura, o paciente sem diagnóstico pode achar que seu problema está resolvido, quando na verdade pode estar retardando a detecção de uma doença, com consequências até graves. Muitas doenças podem ser confundidas com enxaqueca ou agravá-la, entre elas, problemas na tireóide, distúrbios na articulação têmporo-mandibular, problemas circulatórios e até tumores (câncer). Queremos aliviar a dor de cabeça, é claro, mas ao mesmo tempo desejamos diagnosticar e tratar a causa dessa dor de cabeça.

Além disso, não há porque, em pleno século 21, eleger a acupuntura como a única e isolada forma de tratamento para a enxaqueca ou qualquer dor de cabeça que seja. A acupuntura pode ser melhor encarada como mais uma forma de tratamento eficaz dos sintomas. Um médico que faz acupuntura conhece, antes de mais nada, medicina. Ele sabe quando pedir exames, quando associar algum outro tratamento médico, e também pode fornecer uma série de orientações para que você modifique seu estilo de vida, no sentido de melhorar sua saúde ao máximo!

Ademais, o acupunturista não-médico quase sempre possui um treinamento menor em matéria de anatomia - e nenhum treinamento em medicina. A acupuntura é um procedimento muito seguro, porém não é isento de acidentes. Há certas estruturas por baixo da pele, em algumas regiões do corpo, cuja perfuração acidental pode causar consequências desagradáveis - e até fatais - para o paciente. O médico, por definição, conhece as estruturas anatômicas que passam por baixo da região que está agulhando. Isso diminui a chance de algum acidente, aumentando a segurança do procedimento para você. Já um profissional não-médico pode ter uma falsa segurança, por desconhecimento. Ou então, ele pode evitar/modificar o agulhamento de alguns pontos que deveriam ter sido agulhados adequadamente para que se obtivesse um melhor resultado em determinado caso.

Tenho testemunhado uma grande aceitação e satisfação de muitos pacientes com a acupuntura. Por isso procure você também um médico que faz acupuntura, e acrescente mais essa técnica ao seu tratamento. Você poderá ter uma grata surpresa com os resultados!

Lembre-se: além do tratamento das crises propriamente ditas, sessões regulares de acupuntura podem ser eficazes no tratamento preventivo da enxaqueca, ou seja, na diminuição da frequência da dor de cabeça.

Tenha sempre em mente: embora a acupuntura possa ser muito eficaz no tratamento do sintoma (dor de cabeça, náuseas, etc), ela (assim como as drogas) não trata a causa da enxaqueca. Por isso, associe sempre ao seu tratamento, mudanças saudáveis de hábitos e estilo de vida, como as que recomendo nos meus livros.

 

voltar
envie esta página
para um amigo

 
 Conheça mais sobre a clínica Dr. Alexandre Feldman