Tratamentos  
 
  Newsletter

Receba, gratuitamente, artigos sobre dor de cabeça e enxaqueca. Coloque seu e-mail no campo abaixo:

  Busca no Site Enxaqueca
 Saiba mais
O uso frequente de analgésicos comuns pelos portadores de enxaqueca pode acarretar em dependência.

 Testes on line:
  Aprenda a se conhecer

 
 

TOXINA botulínica DO TIPO A (vale a pena?)

Nomes comerciais no Brasil: Botox ® (Allergan) e Dysport ® (Biosintética)

Muitas pessoas já leram e ouviram falar sobre uma droga, chamada toxina botulínica do tipo A, para o tratamento da enxaqueca. A possível ação da toxina botulínica do tipo A nas dores de cabeça e enxaquecas recebeu grande atenção da mídia. Mas, será que funciona mesmo?

A toxina botulínica do tipo A vem de uma bactéria, chamada Clostridium botulinum. Essa toxina provoca uma doença muito grave chamada botulismo, que se adquire pela ingestão de alimentos contaminados, ou pela contaminação de feridas profundas. No botulismo, ocorre uma paralização progressiva, generalizada e muitas vezes fatal, dos músculos. No caso do uso farmacêutico de toxina botulínica do tipo A, a injeção de doses mínimas, padronizadas, da toxina botulínica do tipo A, diretamente no músculo em questão, resulta numa diminuição localizada da força desse músculo. A toxina botulínica do tipo A é amplamente utilizado em doenças que provocam espasmos musculares, ou cãibras incontroláveis, distonias, espasticidades, constipação severa, soluços crônicos incontroláveis, sudorese excessiva. Lembre-se que o símbolo da Medicina envolve a serpente, cujo veneno pode tanto matar, quanto curar. Tudo depende da dose. A mesma toxina botulínica que mata, pode ser usada em doses mínimas para produzir efeitos benéficos.

A ação da toxina botulínica do tipo A nas dores de cabeça crônicas ainda está sendo testada. Como agiria a toxina botulínica do tipo A? A toxina botulínica do tipo A é administrada sob a forma de injeção nos músculos da cabeça (por exemplo, da testa) e do pescoço. O resultado é a paralisia desses músculos e, portanto, seu total relaxamento. Isso ajudaria, teoricamente, a aliviar aquela sensação de aperto e pressão na cabeça, originária de tensões nesses músculos, por parte do sofredor de enxaqueca ou da assim chamada "dor de cabeça do tipo tensional".

A toxina botulínica do tipo A tem sido bastante utilizada em clínicas de estética, onde a injeção dessa substância na musculatura da testa e sua consequente paralisia, resultam numa grande diminuição das rugas da testa. Foi desta forma, e por obra do acaso, que se constatou uma melhora considerável, por parte de alguns desses pacientes em tratamento estético para atenuar rugas da testa, nas dores de cabeça que apresentavam. A partir daí, despertou-se o interesse das indústrias farmacêuticas fabricantes da toxina botulínica do tipo A, na exploração dessa droga como um preventivo de dores de cabeça. Afinal, o mercado potencial é imenso, e o lucro considerável, tanto para a indústria, quanto para os médicos, visto que uma sessão de injeções de toxina botulínica do tipo A sai por volta de R$ 800,00, devendo ser repetida a cada 3 meses, ou conforme a duração do efeito da droga.

Na minha experiência, a toxina botulínica do tipo A, infelizmente, está longe de ser uma boa opção para a maioria dos casos.

Não há dúvida que algumas pessoas obtêm alívio com injeções de toxina botulínica do tipo A, mas na minha experiência, algumas pessoas também obtêm alívio, que pode durar meses, com técnicas alternativas, como acupuntura em pontos dolorosos da cabeça. A acupuntura não envolve substâncias químicas sintéticas, e deve ser tentada sempre, antes de se optar por injetar qualquer droga na cabeça. Há quem possa dizer: "Eu já tentei acupuntura, e não funcionou". Ou, "Já tentei, e ajudou um pouco a longo prazo". Ou, "É uma maravilha! Meus problemas acabaram!". É exatamente assim, também, com a toxina botulínica do tipo A, com a diferença que as rugas da testa atenuam, podendo causar um efeito positivo (apesar de haver pessoas que não acham positivo ter sua expressão facial quimicamente alterada) e, como qualquer droga, pode causar efeitos negativos, como queda de pálpebra, queda de músculos da face, fraqueza na musculatura da mandíbula, dor de cabeça, fraqueza e/ou dor nos músculos do pescoço e ombros.

Minha recomendação? Encare as injeções de toxina botulínica do tipo A como um tratamento estético, a ser realizado numa clínica de Medicina estética, caso lhe convenha mudar sua expressão. Assim, você estará em mãos mais experientes para atenuar suas rugas. E torça para dar sorte e, "de quebra", que a droga também faça o efeito desejado nas suas dores de cabeça.

 

voltar
envie esta página
para um amigo

 
 Conheça mais sobre a clínica Dr. Alexandre Feldman