A enxaqueca  
 
  Newsletter

Receba, gratuitamente, artigos sobre dor de cabeça e enxaqueca. Coloque seu e-mail no campo abaixo:

  Busca no Site Enxaqueca
  Saiba mais
O uso frequente de analgésicos comuns pelos portadores de enxaqueca pode acarretar em dependência.

  Testes on line:
  Aprenda a se conhecer

Orgasmo pode provocar dor de cabeça

Pode parecer piada, mas a cefaléia provocada pelo orgasmo é uma realidade e não é incomum. Ela atinge 70% dos pacientes com cefaléia (dor de cabeça) relacionada à atividade sexual. E parece afetar mais os homens.

O início do problema frequentemente coincide com um(a) novo(a) parceiro(a) sexual, novo local, nova posição. O mecanismo dessa dor de cabeçaencontra-se vinculado às alterações físicas que acontecem durante a atividade sexual (ex: aumento na pulsação, na pressão arterial, na tensão muscular, na pressão intracraniana).

A "cefaléia (ou dor de cabeça) orgásmica benigna" caracteriza-se por uma dor de cabeça intensa de início súbito, poucos minutos antes do orgasmo. Atinge o pico de intensidade no momento do orgasmo e desaparece várias horas depois.

Existem também as dores de cabeça provocadas pela hipoglicemia (baixa da taxa de açúcar no sangue) causada pelo esforço prolongado da relação sexual, principalmente se a pessoa ficou muito tempo sem se alimentar.

Outro tipo de dor de cabeça relacionada à atividade sexual seria aquela devida à contração muscular do pescoço e ombros.

A dor de cabeça (cefaléia) relacionada à atividade sexual tem muita importância, já que não apenas interfere na vida de quem a tem, mas também na do(a) parceiro(a) sexual. Muitos desses pacientes envergonham-se do sintoma e não procuram o médico, erroneamente imaginando que não há nada a ser feito por eles.

Felizmente, há bastante a ser feito com pacientes apresentando esse tipo de dor de cabeça.

 

voltar
envie esta página
para um amigo

 
 Conheça mais sobre a clínica Dr. Alexandre Feldman