Enxaqueca.com.br
A Referência da Enxaqueca e Dor de Cabeça na Internet


Artigos Relacionados

Enxaqueca Menstrual, Dor de Cabeça e Menstruação

Por Dr. Alexandre Feldman
Enxaqueca e anticoncepcionais
Não se afogue na onda dos hormônios
Tireoide, alimentação e enxaqueca
Enxaqueca e menopausa
Dependência de analgésicos
Enxaqueca e gravidez
Busca
Newsletter
Insira seu email no campo abaixo

Enxaqueca ataca mais as mulheres

Enxaqueca Menstrual é uma dor de cabeça para muitas mulheres.


Em todo mundo, um grande número de mulheres em idade reprodutiva (até 90% segundo alguns autores), são acometidas mensalmente por um grupo de manifestações que se iniciam na fase final de cada ciclo menstrual, e se prolongam até os primeiros dias da menstruação. Na falta de melhor denominação, tais sintomas são até hoje, por muitos, referidos como "síndrome pré-menstrual". A enxaqueca menstrual (enxaqueca associada à menstruação) está justamente associada a esse período correspondente à menstruação.

A dor de cabeça, não enxaqueca, enquanto manifestação pré menstrual, pode ocorrer em até vinte por cento de todas as mulheres, enquanto para aquelas que já sofrem de enxaqueca, até 60 por cento relatam desencadeamento ou piora das crises durante a menstruação.

Portanto, existe forte ligação entre crises de enxaqueca e menstruação em boa parte das mulheres.

Muitas mulheres começam a ter suas primeiras crises de enxaqueca na adolescência, ao redor da primeira menstruação. Assim, a primeira menstruação também marca, para muitas mulheres, o inicio de período mensal de desconforto menstrual - e para algumas, de verdadeiro suplício - devido a problemas que podem acompanhá-la, entre os quais, a dor de cabeça e a enxaqueca.

As vezes, a enxaqueca aparece já na primeira menstruação.

Outras vezes, a enxaqueca vem um pouco mais tarde, meses a poucos anos após a primeira menstruação.

Quando a enxaqueca menstrual surge, pode acompanhar-se de outros sintomas menstruais, por exemplo, dor nas mamas, irritabilidade e nervosismo, sensação de inchaço no corpo, côlicas abdominais.

Outras mulheres apresentam quadro alternante, isto é: num mês apresentam côlicas e no outro, enxaqueca e/ou dor de cabeça.

Existem mulheres em quem a enxaqueca menstrual vem fraca, de modo que elas acabam se conformando com este pequeno mal, administrando a dor de cabeça e demais sintomas por conta própria.

Porém, outras mulheres apresentam agravamento importante da enxaqueca na menstruação e sofrem com dor de cabeça muito forte nesse período menstrual, que chega a impedi-las de realizar qualquer atividade, obrigando a permanecer de cama.

A enxaqueca menstrual pode ter início alguns dias antes da menstruação e persistir até a chegada da mesma, quando então, simplesmente, desaparece.

Ou então, a enxaqueca menstrual pode perdurar ao longo dos dias da menstruação, indo embora ao final da mesma.

Ou ainda, a enxaqueca menstrual pode continuar por alguns dias apôs o fim da menstruação.

A dor de cabeça pode ameaçar exatamente no primeiro dia da menstruação e durar só esse dia, ou persistir por mais tempo, até o final da menstruação ou um pouco depois.

Eu ás vezes converso com as pessoas sobre dor de cabeça (sabe, aquelas conversas informais, fora do consultôrio); e várias dessas pessoas me dizem: "Eu sofro apenas daquela dor de cabeça normal, da menstruação". Minhas caras leitoras, fiquem sabendo que dor de cabeça não é normal, nem dentro do período menstrual, nem fora desse período.

O normal seria não ter dor de cabeça, muito menos enxaqueca.

E vocês não precisam conviver com dor de cabeça e/ou enxaqueca menstrual, uma vez que para isso há tratamento. Aliás, as dores de cabeça, se não tratadas, possuem a desagradável tendência de evoluir para pior, em boa porcentagem dos casos.

CLIQUE AQUI para maiores informações sobre consulta.

CLIQUE AQUI para conhecer o livro.