post

Enxaqueca e Pescoço – Uma Dor Provocando a Outra

Pescoço, Nuca e Ombros, Apesar da Tensão e Dor, Não São Causa da Enxaqueca

dorpescoco Enxaqueca e Pescoço   Uma Dor Provocando a Outra

Enxaqueca e o pescoço

Dor no pescoço, tensão na nuca e ombros, são sintomas muito comuns em quem sofre de enxaqueca.

Quem tem enxaqueca pode sentir essas dores, tensão e apertos na região do pescoço, nuca e ombros com uma frequência bem maior que aquela das crises de enxaqueca propriamente ditas! Ao exame, podem até ser sentidos “nódulos de tensão” , revelando áreas tensas e dolorosas da musculatura. Uma paciente minha, um dia, me falou que a tensão no pescoço dela era tamanha que “parecem ter dois grampos prendendo constantemente meu pescoço”.

Por causa disso, essas pessoas acabam achando que têm dois problemas separados: a enxaqueca e algum outro mais, que estaria causando essas dores no pescoço, nuca, ombros.

Buscando a Causa da Dor e Tensão no Pescoço, Nuca e Ombros

Esses indivíduos muitas vezes vivem à busca daquilo que estaria lhes causando a dor e tensão no pescoço. Ortopedistas, fisioterapêutas, professores de educação física, massagistas, especialistas em postura etc.

Às vezes, nessa procura, acabam encontrando alguma anormalidade como um nódulo de tensão nos músculos da nuca e ombros, um desvio da coluna cervical, uma artrose e assim por diante.

Acontece que está cheio de gente com problemas e anormalidades iguais ou muito piores, e que não têm esse sintoma de dolorimento, tensão, aperto na região da nuca, pescoço e ombros. Alguns, de tanto incômodo que sentem, me relatam no consultório: “– É como se existisse um grampo prendendo minha nuca.

O fato é que a maioria de nós provavelmente tem alguma “anormalidade” completamente “normal” para o grupo populacional e a faixa etária. Sim, eu sei que parece bizarro falar em “anormalidade normal”, mas apenas como exemplo, existe um desgaste normal das vértebras com a idade – e assim ocorre com uma série de outros “achados” de exames (tantos exames!…), aos quais acaba se atribuindo, erradamente, todos os sintomas de dor e tensão nos músculos do pescoço e dos ombros.

E assim os exames e tratamentos se avolumam, enquanto os sintomas permanecem!

Dor e Tensão no Pescoço, Nuca e Ombros São Parte da Enxaqueca!

O fato, na verdade, é simples: sintomas de tensão e dor na região da nuca, pescoço e ombros parecem fazer parte do “pacote” de sintomas da enxaqueca! Na minha experiência clínica, quando a enxaqueca melhora, esses sintomas também melhoram na grande maioria dos casos!

Portanto, se você sofre com enxaquecas e também com dor e tensão na região da nuca e ombros, não perca tempo: inicie um bom tratamento o quanto antes com o auxílio de um médico de sua confiança! E, junto com isso, recomendo enfaticamente a leitura do meu livro, repleto de orientações sobre sono, alimentação, hábitos e estilo de vida, que podem fazer toda a diferença para um resultado realmente satisfatório!

Leia Também:

Sintomas da Enxaqueca – a lista completa

Comentários dos Meus Leitores

  1. Luana Amaral comentou

    Como sempre, os artigos do Dr. Feldman caindo como uma luva na minha vida… Tenho dores no pescoço há anos e o ortopedista disse que eu não tenho nada!! O médico que trata da minha enxaqueca também confirmou que assim que a enxaqueca melhorasse, as dores no pescoço sumiriam. E eu sempre achei que a dor no pescoço era uma causa da dor de cabeça, já que normalmente depois dela vinha uma crise de enxaqueca. Muito legal o artigo!!

  2. Victor Gomes comentou

    Também tenho dores na região do pescoço e da nuca, reflexos de uma hérnia de disco na coluna cervical. Porém, com a redução da frequencia e da intensidade das crises de enxaqueca, as dores também diminuíram. Já fiz RPG e, durante as sessões, a fisioterapeuta tocava em um ponto da minha nuca e, imediatamente, eu sentia um reflexo na forma de dor sobre o olho direito, muito parecida com a dor da enxaqueca. Achava que havia uma relação entre um nervo ou músculo da nuca com a enxaqueca.

    Luana, uma observação. Você usa o termo “minha enxaqueca”. Eu também utilizava. Uma pessoa (terapeuta) me falou que, psicologicamente, o uso deste termo nos induz a crer que a enxaqueca é “nossa” e que, portanto não nos “abandonava”. Coincidentemente, quando eu abandonei o uso deste termo, obtive melhoras significativas. Hoje eu falo “essa enxaqueca” ou “a enxaqueca”. Pode parecer crendice, mas eu acho que traz um efeito positivo.

    • Raquel comentou

      Olá Victor, eu também sofro de hernia cervical e artrose cervical e gostaria de te perguntar se o RPG foi bom para o seu problema.
      Eu também utilizo o termo ‘minha enxaqueca’ e ás vezes ‘minha dor de cabeça’ na esperança da enxaqueca se transformar em uma mera dor de cabeça.. a partir de agora vou seguir seu conselho ;)

  3. L.F comentou

    Possuo exatamentes estes sintomas relatados no artigo há uns 20 anos. Porém, as vezes as dores na nuca e prescoço não aparecem acompanhadas da enxaqueca, e tem vezes q a enxaqueca não aparece com as dores na nuca. Gostaria que indicasse um médico no RJ para que eu possa iniciar o meu tratamento adequado da enxaqueca.

    Abs

    L.F.

  4. Marcos comentou

    É exatamente o que passei à sentir após a diminuição da enxaqueca clássica,estes sintomas substituiram os outros que se tornaram menos frequentes. Achei que fosse pressão alta, tensão neuromuscular, stress,etc… Quer dizer então que isso é uma evolução da enxaqueca? Fico mais tranquilo sabendo que continuo ainda somente com a maldita enxaqueca.

  5. Luciana comentou

    Minha mãe atualmente queixa-se muito de dor no pescoço e na nuca, além de tonturas, e se refere a essas dores como distintas da enxaqueca, embora, na maior parte das vezes, elas venham junto com a dor de cabeça. Como ela foi diagnosticada com Arnold-Chiari I em 2001, pensávamos que as tais dores viessem daí. Que bom saber que é só mais um dos sintomas da enxaqueca, que a acompanha desde que se entende por gente e da qual também sou vítima.

    • comentou

      Luciana, a malformação de Arnold-Chiari do tipo 1 (herniação das tonsilas cerebelares) pode SIM se manifestar clinicamente, em adultos, com dores de cabeça, dores no pescoço e sintomas cerebelares entre outros. O tratamento é uma cirurgia de descompressão. Portanto, repito o que escrevi no artigo: cuidado para não concluir erradamente. Somente o médico de confiança de sua mãe é quem pode estabelecer a correta relação entre as dores de cabeça que ela sofre e sua causa.

  6. NEUSA comentou

    Dr. sofro dessas dores no pescoco ha anos e so hoje lendo este artigo e que descobri de onde vem … estou usando topiramato de 50 …receitado pelo meu neuro, os efeitos colaterais nao sao legais mas a dor de cabeca diminuiu um pouco….
    Deus o abencoe…..

  7. Emerson Boeira comentou

    Ola doutor gostaria de saber como adquirir seu livro tenho problema de enxaqueca um abraço

  8. Priscila Guerreiro comentou

    Oi Dr. Feldman
    Tenho 29 anos, e tenho enxaqueca desde sempre. Sinto fortes dores no pescoço, na nuca e nos ombros, concomitante a enxaqueca. Sempre que tenho crise, procuro alguém para fazer uma massagem nessas regiões, e as vezes, até a dor de cabeça passa, sinto um grande alivio todas as vezes que mando fazer uma massagem.
    PS: Adoro seus artigos. Comprei seu livro “Enxaqueca, so tem quem quer”. Cada vez que visito seu site, sinto uma paz de espirito muito grande, pois eu mesmo não sabia nada a respeito de enxaqueca, agora não sou mais leiga no assunto. Confesso, que realmente preciso mudar meu estilo de vida, principalmente quanto à impaciência com tudo e com todos. ***Muito obrigada**
    Priscila Guerreiro
    Parintins-Amazonas

  9. Cleidimeire comentou

    Faço acompanhamento com acupuntura há anos por causa da enxaqueca, e a minha ex-médica acupunturista me fazia agulhamento profundo na região dos ombros e na parte superior das costas, o procedimento é muito doloroso, mas libertador. Tira com a mão. Na mesma clínica também eu fazia Quiropraxia, outra coisa que também melhorava muito. Eu ficava liberta desta tensão nos ombros e parte superior das costas por longos períodos. Infelizmente esta clínica parou de atender pelo meu convênio. Uma coisa que eu faço em casa e que me ajuda muito é respiração. Ex. Respirar com uma narina tamponando a outra por cinco minutos cada lado alivia bastante, o importante é a constância. Esta semana eu fiz a respiração do Renascimento, respirar só pela boca por 20 minutos, tive um alívio muito grande. Agora vou usá-la com bastante frequência. Estou passando por um estresse muito grande e por conta disto estou com muita tensão nos ombros, é horrível, principalmente porque eu sei onde isto pode chegar.
    Abraço para todos

  10. Elisabeth comentou

    Pensei que as dores na nuca, pescoço e ombros tivessem relacionadas à pressão alta e uma retenção na coluna cervical. Mas como sou portadora de enxaqueca há mais de 40 anos, logo concluo que essas dores fazem parte do pacote de sintomas, além das dores de cabeça. Grata pelo esclarecimento.

  11. Viviane Matos comentou

    Nossa! Não sabia! Mistério resolvido, então. Depois deste texto, vejo a clara relação das dores no pescoço com a enxaqueca. Parei com a medicação há quase um ano, para tentar engravidar. E as dores no pescoço e crises de enxaqueca foram aumentando a cada mês. Eu pensava que eram sintomas separados… Fiz até ressonância magnética pra ver o que havia de errado com meu pescoço. Resultado do exame: “normal”.

  12. Andreia comentou

    Não sabia que essas dores estavam associadas e esta notícia chegou no momento em que estou com dores no pescoço com dificuldade em locomover e uma leve enxaqueca Pensei estar com duas dores distintas.Obrigada pelo esclarecimento Dr Alexandre!

  13. Terezinha Macedo Ortiz comentou

    Ola ..tenho muita dor na região do pescoço,nuca e ombros..faço direto fisioterapia as vezes funciona e as vezes não…tomo remédios pra dores musculares todas as noites muitas vezes durante o dia também …fiz Ressonância da cervical ….conclusão…
    1.Retificação da lordose cervical.
    2.Esboço de osteófito anterior em C4,C5 e C6.
    3.Discopatia degenerativa incipiente de C2 a C6.
    4.Mínima protrusão discal difusa tocando a face anterior do saco dural em C3-C4,C4-C5 e C5-C6.
    E tenho a sensasão de alguma coias fica me pesando nos ombros e pescoço e corre esta dor as costa e braços ,…… e isso tudo que escrevi ñ entendo nada…kkk só sei que é um desconforto sempre …..

  14. Adriana Noronha comentou

    Dr. Alexandre, boa noite.
    Sinto todos esses sintomas em relação ao pescoço e nuca mas não tenho enxaqueca ou dores de cabeça.
    O neurologista e ortopedista dizem que não tenho nada. Apenas tensão muscular mesmo.
    Nesse caso, o que faço, já que RPG e fisioterapias não adiantaram?
    Obrigada.

  15. Adriana comentou

    Gostaria de saber se acupuntura ajudaria nesse caso de dor na nuca , pescoço e ombros??? Ou até mesmo para enxaqueca???

  16. lady lili comentou

    Dr. Alexandre, sofro de enxaqueca ha 12 anos ininterruptamente. Tenho crises fortíssimas que me levam a ser hospitalizada no mínimo 3 vezes por mês, fora as dores tensionais: pescoço, ombros, que são diárias e constantes, muitas vezes tão incapacitantes como a própria crise de enxaqueca. Passei por todo tipo de tratamento: acunpultura, homeopatia, aplicação de toxina butolínica, dietas mirabolantes e super restritivas, tratamento com topiramato combinado com diversos outros medicamentos (já cheguei a utilizar 11 combinações por dia), mas infelizmente nada funciona, nem sequer alivia. Mudei completamente meu estilo de vida: minha alimentação é saudável, pratico exercícios regularmente e faço de tudo para evitar ou diminuir as crises sem nenhum sucesso. Não tenho nenhuma qualidade de vida. Hoje vivo à base de triptanos (sumax) e relaxantes musculares, senão nem levanto da cama de manhã. Gostaria de saber se existe alguma novidade (pesquisas, medicamentos…etc) para enxaqueca, porque não sei mais o que fazer… Sou do ES, como posso marcar uma consulta? Obrigada

  17. Kati comentou

    Também sofro desse mal, mas meu problema é porque além da enxaqueca, sofro de DTM, desde criança e nunca tratei, me causa dor de cabeça tb só que do outro lado, ai desce pra pescoço, ombro etc.
    Dr. Escreva novos artigos :)

    • comentou

      Kati, que bom que gostou do meu artigo sobre enxaqueca e pescoço. Nestes últimos dias dias publiquei http://www.enxaqueca.com.br/blog/sintomas-enxaqueca-alem-dor-de-cabeca/ e outros. Você é cadastrada para receber emails a cada novo artigo publicado? É só preencher seu email no espaço apropriado que está na barra lateral direita, mais acima. Você receberá um email automático de confirmação, onde precisa clicar num link para confirmar que de fato você deseja receber os emails, e pronto. Ah, e caso não receba o email de confirmação, é porque provavelmente caiu no seu filtro de spam – nesse caso verifique sua caixa de spam ou seu lixo eletrônico, e autorize o email do remetente para que não seja interpretado como spam.

  18. Jéssica comentou

    Eu venho sentindo dores atrás dos olhos, na nuca e no pescoço há alguns meses e tem me incomodado bastante. Geralmente a dor não passa com analgésicos comuns e as vezes duram por até 48 horas ou mais. Que médico devo procurar??

  19. Cris Dourado comentou

    Que artigo esclarecedor! Dr. muito bom ler seus textos sobre enxaqueca, pois são muito esclarecedores!

    Tenho enxaqueca e sempre que tenho as crises, sofro com o pânico. E quando sinto pontadas no lado direito da cabeça, sindo pressão no pescoço, do lado esquerdo, chegando a ouvir como se algo (sangue) estivesse passando atrás do sintoma irradiante, por trás do ouvido.

    O pior é que penso que pode ser AVC, problemas no coração. Meu neuro disse que era sintoma que a enxaqueca viria e esse comentário casou perfeitamente com a informação dele.

    Muito obrigada!

Trackbacks

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Notify me by email when my comments gets approved.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>